Monumentalidade e Espaço Público em Lourenço Marques
» » » Monumentalidade e Espaço Público em Lourenço Marques

Monumentalidade e Espaço Público em Lourenço Marques

Adicionei o  livro “Monumentalidade e Espaço Público em Lourenço Marques (1930-1940)  – de Gerbert Verheij” Aqui

Padrão de Guerra de Lourenço Marques
Monumento a Mouzinho de Albuquerque em Lourenço Marques

ÍNDICE

 

APRESENTAÇÃO

 

CAPÍTULO 1: INTRODUÇÃO

1.1. Questões de partida e seu âmbito 3

1.2. Monumentalidade, espaço público, imaginário/ideologia 11

 

CAPÍTULO 2: LOURENÇO MARQUES E O SEU ESPAÇO PÚBLICO

2.1. Tendências urbanas em Lourenço Marques durante as décadas de 30 e 40 19

2.2. O espaço público e a sua representação 24

 

CAPÍTULO 3: O PADRÃO DE GUERRA DE LOURENÇO MARQUES

3.1. Contexto e programa: comemoração e nacionalismo 31

3.2. O monumento como alegoria nacional 38

3.3. Práticas rituais: o monumento no espaço público 45

3.4. O outro lugar da nacionalidade 54

 

CAPÍTULO 4: O MONUMENTO A MOUZINHO DE ALBUQUERQUE

4.1. O monumento e Mouzinho: programa e projecto 59

4.2. A representação do herói e o poder do passado 67

4.3. A encenação da “História”: a praça como lugar de culto 72

4.4. O monumento e a produção de valores auráticos 84

 

CONCLUSÃO: ALGUMAS CONSIDERAÇÕES E PONTOS DE PARTIDA

Cidade e monumentalidade 89

Vida e morte do monumento 99

 

BIBLIOGRAFIA E FONTES 105

LEVANTAMENTO DE MONUMENTOS EM MOÇAMBIQUE SOB O ESTADO NOVO 117

CORRESPONDÊNCIAS TOPONÍMICAS130

 

 

ANEXOS

 

I. A Comissão dos Padrões da Grande Guerra 131

II. Programa do concurso para o projecto do monumento comemorativo da

intervenção de Portugal na Grande Guerra a erigir em Lourenço Marques 132

III. Memória descritiva e justificativa do Padrão Guerra de Lourenço Marques 134

IV. O mito salazarista de Mouzinho de Albuquerque 134

V. Comissão e subcomissão do Monumento a Mouzinho de Albuquerque 135

VI. Portaria de 21 de Dezembro de 1935 constituindo uma Comissão para dar

execução à ideia de erigir um Monumento a Mousinho de Albuquerque em Lisboa 136

VII. Discurso do Conde de Penha Garcia 136

VIII. Programa do concurso para um monumento a Mousinho de Albuquerque 139

IX. Memória descritiva do projecto do monumento a Mousinho de Albuquerque 141

X. “Oração a Mousinho” 143

XI. Discursos inaugurais do Monumento a Mousinho de Albuquerque em

Lourenço Marques, 29 de Dezembro de 1940 147 

 

What do you think?